23.1.09

O Meu Jeito de Adorar

Se ao menos eu conseguisse descrever tudo o que me acontece, se eu pudesse desvendar por onde caminhos me levariam...
No fundo, desejo isso. Por medo, por ansiedade. Afinal, se pudessemos saber se sofreríamos ao passar por certas portas, não as escolheríamos e muito desgaste seria poupado. Mas por outro lado, nunca descobriríamos o que nos aguardava por detrás dela e como isso nos mudaria.
Cheguei a uma conclusão que pode estar errada, mas vale a pena tentar: Acho que quando sofremos é quando temos as melhores oportunidades para amadurecer, e se conseguimos aproveitá-las, aprenderemos a esperar pelas coisas certas nas horas certas, não se decepcionar com as coisas erradas, lidar com frustrações e esperanças, enfim, a melhorar para nós mesmos e para os outros, dando alguns passos em direção à satisfação... a, quem sabe, a felicidade.
Pensando melhor, não quero mais saber e prever tudo o que pode acontecer comigo. Se eu souber, sei que não vou ter coragem para escolher as opções certas e ficarei parado no tempo, estático, com medo de sentir ou não algo. Quero (e vou, até por que não tenho muita escolha, pois uma coisa que aprendi bem é que não consigo de jeito nenhum prever meu futuro. Por mais teorias que acabe criando, acontece comigo algo totalmente diferente de todas elas :P) não saber de nada. Se acontecer comigo algo ruim, não vou ter me preocupado com isso antes, e minha mente não vai estar tomada pelos meus anseios, me impossibilitando de reagir de qualquer forma. Se, por outro lado, acontecer comigo coisas boas, curtirei o prazer da surpresa, do novo, e não terei comigo aquela obrigação que as vezes nos amola de se divertir ao máximo em uma situação. Apenas me divertirei e me contentarei com isso :).
Farei assim: não abrirei nenhuma porta!
Deixarei... Quero que o meu Deus, que me conhece muito melhor do que eu mesmo e sabe exatamente daquilo que preciso e gosto, as escolha conforme a sua vontade. Quero que o que se passe ou fique na minha vida, coisas, situações ou pessoas, sejam quem ou o queEle me designar. Um dia, espero ser exatamente (ou o mais próximo possível... vou tentar) quem Ele sonhou que eu fosse, e assim, que Ele tenha prazer na minha vida, por causa do seu inexplicável amor que me cerca por todos os lados, mesmo sendo eu a última pessoa que o poderia merecer. Sinto desejo de adorá-lO...
"...A Deus agrada o coração quebrantado e contrito"
"Os verdadeiros adoradores são aqueles que adoram em espírito e em verdade"

2 comentários:

  1. Muito bom, excelente! =]
    Você merece um comentário bem mais interessante que esse, mas preciso manifestar que o post foi feliz! hehe
    beijo

    ResponderExcluir
  2. Anônimo8.2.09

    que lindo...Deus esta conosco e ele sempre vai nos ajudar nos nossos caminhos...
    camila

    ResponderExcluir